Início » Restrição no seu nome sem você saber, descubra o porquê

Restrição no seu nome sem você saber, descubra o porquê

casal com cara de apavorado porque tem restrição no seu cpf

Este artigo é para quem está com restrição no nome, mas não recebeu nenhum aviso prévio por parte dos credores. Dessa forma, entenda como funciona esse contato dos bancos que é obrigatório e descubra quais são os seus direitos de consumidor. 

Saiba como um nome pode sofrer restrição

De acordo com o Serasa, cerca de 62 milhões de brasileiros estão inadimplentes. Portanto, essa situação é mais comum do que se imagina, ainda mais que há várias maneiras de acabar com o “nome sujo”. Aliás, algumas delas de forma injusta, entenda.

Inadimplência

Ela acontece quando a pessoa deixa de pagar uma conta ou dívida. Assim, o nome passa a sofrer restrição e vai parar no registro do Serasa. Como resultado, o score de crédito do cidadão fica baixo e sua vida financeira, fora de ordem.

Cobrança indevida

Nesta situação, a negativação acontece de forma injusta. Dessa forma, confira abaixo alguns casos que se enquadram aqui:

  • Débitos já pagos;
  • Cobranças de produtos ou serviços não adquiridos;
  • Golpes ou fraudes no cartão de crédito;
  • Dívida prescrita.

Independente da situação, é essencial que a pessoa seja notificada antes de ter o nome no Serasa ou SPC. Isso porque, o banco é obrigado a enviar um comunicado por escrito dando o aviso de negativação.

Foto: Dívidas podem ser uma grande dor de cabeça, procure ajuda de quem é especialista no assunto

Veja como funciona o aviso antes de sofrer restrição no nome

Ficar negativado faz com que a pessoa seja vista com desconfiança pelas instituições e operadoras de cartão. Antes de chegar a isso, entenda como funciona o aviso prévio que os credores têm a obrigação de enviar aos consumidores sobre os seus débitos em aberto.

1º passo – Cobrança do banco ao devedor

Para sofrer restrição, antes de tudo, deve existir uma dívida ativa, ou seja, uma conta em atraso. Então, o credor identifica a falta de pagamento e está em seu direito cobrar o consumidor. Portanto, isso pode acontecer das seguintes formas:

  • Ligação;
  • Cartas de avisos informais;
  • SMS.

É bom informar que tais cobranças devem ocorrer de forma apropriada. Ou seja, nada de ligações em horários inconvenientes ou expor a situação do devedor para seus amigos e familiares. Do contrário, ele tem o direito de processar a instituição por danos morais.

2º passo – O nome vai para a restrição

Essa etapa acontece quando todas as tentativas de cobrança não dão resultados. Dessa maneira, o banco encaminha o nome do inadimplente para os órgãos de proteção de crédito, como o Serasa e o SPC. 

Só que antes, a empresa precisa notificar o devedor até 10 dias antes de negativar o seu nome. Aliás, isso é obrigatório e é direito da pessoa, dentro desse período, entrar em contato com a instituição e tentar negociar a dívida.

É essencial ficar atento, pois por alguma razão, é possível que ele não receba o aviso prévio e acabe com uma restrição no nome sem se dar conta. Em geral, os motivos mais comuns são:

  • Informações desatualizadas;
  • Dados incorretos;
  • Não checar o e-mail ou correspondências com frequência.
Foto: Crie uma estratégia para poder pagar todas as suas dívidas

Quais são os direitos de quem teve o nome negativado sem aviso?

A ausência de um aviso com antecedência é uma violação ao direito do consumidor. Mas, infelizmente, poucas pessoas sabem disso. Por isso, caso queira tomar uma atitude a respeito, procure o PROCON ou abra uma reclamação em sites como o Reclame Aqui.

Fique atento, não caia na restrição interna

Mesmo que você pague todas as dívidas, algumas instituições podem continuar restringindo o seu nome. Por causa disso, o consumidor não consegue ter um cartão de crédito e os pedidos de financiamento são sempre negados.

Caso esteja passando por isso, a solução é adquirir o guia “Fim da Restrição Interna” por meio deste link. Então, não perca mais tempo, busque os seus direitos e retome o controle sobre a sua vida.

  1. Como tirar nome de restrição interna?

    É necessário quitar a sua dívida ou descobrir se ela é indevida, aqui nesse guia completo sobre a restrição interna, você encontra dicas de como sair disso.

  2. Quanto tempo dura uma restrição interna?

    O tempo total é de 5 anos mas é preciso saber se essa restrição não é indevida, descubra mais nesse artigo.

  3. O que é bloqueio interno de CPF?

    Quando você possui algum tipo de dívida o seu cpf será registrado como devedor. Então ocorre o bloqueio no BACEN.

Sending
User Review
0 (0 votes)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *