Início » Conheça o que é cheque especial

Conheça o que é cheque especial

cheque especial

Um dos vilões do endividamento é o cheque especial. Mais da metade da população brasileira acumulou dívidas nos últimos anos, segundo a CNC. Portanto, conhecer sobre o assunto e entender como ele funciona, é essencial para a saúde das suas finanças. 

Saiba o que é cheque especial

Ele é uma modalidade de crédito pré-aprovada para aqueles que são correntistas, ou seja, que possuem uma conta em um banco. Portanto, de certa forma, ele é como um empréstimo, mas com a facilidade de não exigir qualquer tipo de análise.

O serviço surge como uma solução rápida para quem está precisando de dinheiro com urgência. Aliás, ele é conhecido também de outras formas como LIS, cheque azul, bem como limite pré-aprovado.

Entenda como funciona essa linha de crédito

Quem tem uma conta corrente e faz uso de todo o saldo, o banco pode emprestar uma quantia ao correntista. Assim como qualquer crédito concedido, esse também possui juros, que é uma das taxas mais altas do mercado.

Suponha que você tenha em sua conta R$ 250 e paga uma fatura mensal de R$ 300. Dessa forma, a instituição oferece R$ 50 para completar o valor e o mesmo sai do seu cheque especial.

Quando entrar dinheiro em seu saldo, o banco vai descontar a quantia acima com o acréscimo de juros. Ou seja, a principal diferença entre essa modalidade e os demais empréstimos é que tudo acontece de modo automático, não há contratos ou pedidos.

De quanto é o valor do crédito?

O limite pré-aprovado de cada correntista é definido pela instituição, de acordo com os dados do cliente. Então, em geral, leva-se em conta:

  • Renda média por mês que é movimentada em seu saldo;
  • Tempo de abertura da conta;
  • História de pagamentos com o banco.


Foto: O cheque especial é um crédito automático para correntistas que estão no aperto.

Veja como calcular os juros do cheque especial

Entender a matemática por trás da cobrança de juros diária e o quanto o cliente vai pagar por utilizar esse tipo de serviço, é um pouco complexo. Antes de mais nada, saiba que nesse cálculo, é usado juros compostos na seguinte equação:

  • Taxa diária = [(Taxa mensal + 1)1:30] -1).

O valor pago no mês, ou seja, em 30 dias fica disponível na maioria dos sites e aplicativos dos bancos. Dessa forma, confira abaixo, as taxas mensais das principais instituições financeiras do Brasil:

  • Banco Original: 11,99%;
  • Caixa: 12,41%;
  • Banco do Brasil: 12,03%;
  • Itaú: 12,43%;
  • Bradesco: 12,27%;
  • Santander: 14,77%.

Para ficar por dentro dos juros ao mês dos demais bancos, é só acessar a página do Banco Central neste link. Em um ano, é possível que a cobrança de algumas instituições chegue a 300%. 


Foto: Pague o cheque especial o quanto antes para não sofrer com os juros altos.

Compensa usar o cheque especial?

Para utilizar esse tipo de crédito é essencial muita cautela. Dessa forma, acima de tudo, tente manter o orçamento das finanças bem planejado, a fim de evitar ao máximo fazer uso desse recurso.

Caso não tenha outra opção, pague o quanto antes o valor do cheque especial. Já que, depois de 10 dias, o banco começa a adicionar os juros. Portanto, quite essa dívida de forma que ela não se transforme em uma bola de neve.

Perguntas frequentes

Quanto tempo posso usar o cheque especial?

No geral, o correntista tem o prazo de 10 dias para pagar o valor à instituição, após esse período, há cobrança de juros acrescidos sobre a quantia concedida.

É obrigatório ter o cheque especial?

O correntista pode solicitar ao banco que esse limite pré-aprovado seja cancelado. Assim, isso pode acontecer em qualquer momento a partir da abertura da conta.

O que acontece se parcelar cheque especial?

Isso é uma opção, no entanto, saiba que estará contraindo uma dívida, mesmo que com taxas de juros menores. Portanto, considere bem antes de contratar.

Sending
User Review
0 (0 votes)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *